Início » Content » Usinas da Paz
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Usinas da Paz

A Usina da Paz é um projeto integrado ao programa estadual Territórios Pela Paz, elaborado pelo Governo do Pará e coordenado pela Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), em parceria com a iniciativa privada. O propósito é a construção de 10 Usinas na Região Metropolitana de Belém, e no sudeste do Estado.

As obras estão sendo executadas em parceria com as empresas Vale e Hydro, que estão arcando integralmente com os custos. O governo não receberá nenhum recurso econômico, mas receberá as Usinas prontas e equipadas. A empresa Vale é a responsável pelos projetos executivos das unidades da Cabanagem, Benguí, Icuí, Nova União, Parauapebas, Canaã dos Carajás. Já por parte da Hydro, o investimento será destinado à construção dos espaços nos bairros do Guamá, Terra Firme e Jurunas. E em Marabá, o governo está avaliando a implantação do projeto.

As UsiPaz são complexos voltados para a prevenção à violência, a inclusão social e o fortalecimento comunitário, com sete eixos fundamentais:

1. Capacitação técnica e profissional, educação básica, arte e cultura.
2. Emprego e renda, microcrédito e empreendedorismo, economia solidária.
3. Habitação, regularização fundiária e urbanização.
4. saúde, esporte/lazer, assistência social.
5. Tecnologia e inclusão digital.
6. Meio ambiente e sustentabilidade.
7. Mediação de conflitos e prevenção à violência.

"As Usinas da Paz serão complexos físicos destinados a congregar serviços do Estado oferecidos à comunidade, seja na área da saúde, da educação, dos direitos do consumidor, da cultura, da comunicação, da profissionalização, do empreendedorismo e outros. Ao mesmo tempo, serão espaços esportivos para a comunidade, com piscina, quadras esportivas, dojô, oferecendo atividades que visam à educação de valores, à formação da cidadania plena. Trarão uma presença ainda mais forte e permanente de serviços de acolhimento do Governo do Estado a essas populações, que já vêm sendo atendidas pela política pública TerPaz", disse Ricardo Balestreri, secretário Estratégico de Articulação da Cidadania.

SAIBA MAIS

Dentre os espaços, as UsiPaz terão complexos esportivos, salas de audiovisual, espaços de inclusão digital e vários serviços, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, ações de segurança, atividades profissionalizantes, espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, artes marciais, musicalização e biblioteca.